Como construir uma estufa

construir uma estufa

Um dos meus sonhos é construir uma estufa no jardim, para poder dedicar-me à paixão que tenho pelas plantas e flores.

Por isso, ando já a pesquisar quais as possibilidades de construir uma estufa dentro do meu orçamento e de acordo com a dimensão do meu espaço exterior. Não quero nada muito pretensioso, apenas um cantinho para poder finalmente dedicar-me a um hobby que há muito tempo ando a protelar.

Reuni algumas dicas importante para a escolha do local para construir uma estufa:

  1. É necessário escolher uma área que esteja voltada para sul.
  2. Se não conseguir encontrar um local que receba luz solar durante todo o dia, é preferível optar por aquele que receba o sol matinal.
  3. É também importante que não hajam árvores e arbustos em redor que causem sombra.
  4. É preciso escolher um local que tenha acesso à electricidade.
  5. A área tem de ser bem drenada.

Relativamente à parte de construção, é possível construir uma estufa de raíz ou partir de um kit pré-fabricado.

Para mim acaba por ser melhor a primeira opção, porque nem com kits pré-fabricados me sinto à vontade para arriscar a construir uma estufa “a solo”. Prefiro contratar um profissional.

De qualquer forma, tenho de pensar na estrutura que quero, que pode ser de diferentes materiais, desde que seja firme. Metal, madeira, bambu ou PVC? Talvez PVC, mas ainda não decidi.

Depois, é preciso colocar uma cobertura, que pode ser de fibra de vidro, vidro (temperado) ou de plástico, nomeadamente polietileno UV estabilizado, para que a transmissão luminosa seja similar ao vidro, mas mais leve e menos cara. Penso que esta será a melhor opção, pelo que já estive a pesquisar sobre a sua manutenção, descobrindo que estes filmes plásticos devem ser substituídos de 2 em 2 anos (ou três) e ocasionalmente lavados.

Não podemos esquecer a instalação de termómetros e termóstatos para controlar a temperatura, que devem ser posicionados em diferentes níveis da estufa. Ainda relativamente à temperatura, é possível que seja necessário instalar também ventiladores e/ou aquecedores, daí a necessidade do acesso à electricidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *